domingo, 9 de setembro de 2012

Entendendo o ciclo de vida de uma aplicação Android


Uma das maiores facilidades no desenvolvimento Android está ligado ao seu ciclo de vida.
A classe responsável pelo ciclo de vida de um aplicativo se chama Activity.
Ela é responsável pelo controle dos elementos visuais(e não visuais) de qualquer interface.
Por convenção, toda interface possui uma Activity associada e ela é quem determina o comportamento dos recursos visuais até o fim da aplicação (ou de uma tela).
O diagrama abaixo explica o ciclo de vida dessa classe.


Em geral o ciclo de vida de uma Activity compreende os seguintes métodos:

- onCreate() : É a primeira função executada. Esse método é responsável por operações de inicialização/definição do conteúdo e ações da interface (xml).

- onStart() : Esse método é executado logo após a Activity se tornar visível ao usuário.

- onResume() : A chamada desse método também ocorre na inicialização, mas com uma diferença: ela também é executada quando uma Activity retoma o foco. É o local mais indicado para iniciar animações e abrir recursos de acesso exclusivo (como a câmera).

- onPause() : É executado quando outra Activity é iniciada. (a primeira perde o foco)

- onStop() : Só é executado quando uma outra Activity está no foco/controle do aplicativo. 

- onDestroy() : É o último método executado antes da Activity ser destruída e o local mais indicado para desalocar objetos, "desligar" serviços e etc.

- onRestart() : É executado toda vez que uma Activity é reinicializada.

Para mais detalhes sobre o ciclo de vida de uma Activity consulte a página de referência do Google.


StrangerDroid


Nenhum comentário:

Postar um comentário